quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Aspectos históricos e culturais da Argentina

Aspectos históricos da Argentina


A história da Argentina tem início com a chegada dos primeiros seres humanos à região, estimada em onze mil anos antes da Era Comum (antes de Cristo).
A região noroeste de seu atual território formava parte do Império Inca e as pampas eram dominadas por ameríndios nômades. Em fevereiro de 1516 o navegante espanhol Juan Díaz de Solís pilotou sua embarcação ao estuário do Rio da Prata e reclamou a região em nome da Espanha.
A colonização espanhola se deu ao longo dos séculos XVI e XVII. O nome Argentina vem de argentum, prata em latim, visto ao metal precioso encontrado nas mãos de alguns indígenas, sem saber que eles o haviam tomado dos marinheiros da expedição portuguesa dirigida por Aleixo Garcia.
A independência da Espanha ocorreu em 1816 após a revolução de Maio que teve seu processo iniciado em 1810. Seu período independente foi marcado por inúmeras disputas políticas internas com governos democráticos que se alternaram com ditaduras militares.
Após o último período ditatorial que terminou em 1983 a democracia argentina foi marcada por grandes dificuldades econômicas e políticas, que alcançou seu extremo durante a presidência de Fernando de la Rúa com uma recessão sem precedentes no país.
Hoje a Argentina apresenta um elevado crescimento econômico e já retomou ao patamar anterior à última moratória.

Aspectos culturais da Argentina

Arte : A Argentina é um importante pólo cultural, com seus inúmeros museus e galerias de arte, além de sua vigorosa comunidade teatral. O cinema argentino também alcançou estatura internacional e foi bastante usado como um veículo para exorcizar os horrores da Guerra Suja. Convivem no país dois gêneros musicais típicos, como representantes de duas regiões diferentes: o tango, mais representativo de Buenos Aires que do resto do país, é o símbolo musical dos argentinos no exterior. Hoje em dia é uma música de culto que tem fiéis seguidores, embora não seja escutada habitualmente pelo grande público. O folclore é mais representativo do interior do país e tem como principais expoentes Mercedes Sosa, Horacio Guarany, Los Nocheros, Soledad, entre outros. O quarteto e a cumbia , originarios da província de Córdoba, começaram a ocupar um espaço dentro da música nacional.


Esportes : O esporte mais popular na Argentina é sem dúvida o futebol e é o que desperta maiores paixões. Seus dois times mais importantes são os arquiinimigos Boca Juniors e River Plate.

Comida : A carne de vaca é por excelência a base alimentar dos argentinos.
De presença tão acentuada quanto as carnes, a cozinha italiana e suas tradicionais massas (pasta) se destacam.
A cozinha tipicamente argentina está representada nas empanadas - pastéis de massa leve que podem ser recheados com carne, frango, presunto e queijo, etc.
Em relação às bebidas, pode-se afirmar que os vinhos são tão populares na Argentina quanto o chopp é no Brasil.
No entanto, o mate - feito com uma erva verde que se toma como infusão - é a bebida mais típica.Um drink característico do país é o clericó.
Como sobremesa, o sorvete é o favorito.
O alfajor é um doce tradicional e muito popular na Argentina.
O café-da-manhã ou o lanchinho de fim de tarde típico dos argentinos são as chamadas facturas.

6 comentários:

  1. legal deu pra ajudar no meu trabalho de geografia

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Bom, ajudou no meu trabalho de Espanhol .. Só acho que poderia ter mais características. Mas, mesmo assim, obrigada !

    ResponderExcluir